O que é previsão de estoque?

por | maio 24, 2022 | Estoque | 0 Comentários

A previsão de estoque é um método usado para prever os níveis de estoque para um período de tempo futuro. Ela também ajuda a acompanhar as vendas e a demanda para que você possa gerenciar melhor seus pedidos de compra.

É uma ótima ferramenta de gestão de estoque que pode aumentar a receita da sua empresa, assim como, diminuir os custos desnecessários.

Essas estimativas levam em consideração dados históricos de vendas, promoções planejadas e forças externas para serem o mais precisas possível.

O que é a previsão de estoque

A previsão de estoque é o procedimento de colaboração de informações de dados históricos de vendas e transações com o planejamento de demanda atual e relatórios de produção para projetar um nível de estoque de produto futuro ideal.

Isso permite que as organizações se preparem para uma queda ou aumento na demanda do cliente, manipulando os novos pedidos, assim como, a produção para minimizar os custos de estoque.

A previsão de estoque varia de acordo com o negócio. Um planejador de estoque pode definir os parâmetros de demanda de previsão com base no nível do item, nível da categoria, localização do item, localização da categoria, bem como, qualquer requisito personalizado.

Nesse sentido, o planejamento preciso da demanda pode otimizar as previsões de estoque, permitindo que as empresas regulem pedidos de compra e estratégias de reabastecimento para evitar rupturas de estoque e gerar receita.

Portanto, a empresa deve entender os principais componentes para uma previsão de estoque bem-sucedida, como:

  • Níveis de estoque atuais;
  • Pedidos de compra pendentes;
  • Linhas de tendência históricas;
  • Requisitos do período de previsão
  • Demanda esperada e sazonalidade;
  • Níveis máximos de estoque possíveis;
  • Tendências e velocidade de vendas;
  • Resposta do cliente a produtos específicos.

Todas essas informações podem ser extraídas dos PDVs existentes, controle de estoque e sistemas de pedidos, por exemplo, para entrada automática de dados em um software de previsão de demanda.

Isso agiliza a troca de dados e o processo de planejamento, reduzindo o risco de erro humano de entradas manuais.

A empresa também deve estar ciente dos fatores internos e externos que podem causar discrepâncias entre os níveis de estoque projetados e reais, por exemplo:

  • Desempenho do fornecedor;
  • Limitações de produção;
  • Problemas de qualidade;
  • Remessas de saída;
  • Esforços do concorrente;
  • Demanda sazonal;
  • Fatores ambientais;
  • Mudança regulamentares.

Previsão de estoque por tipos de demanda

A previsão de dados históricos de vendas mostra a diferença de demanda entre vários itens, permitindo que a administração monitore tendências e projete vendas futuras.

Por exemplo, alguns produtos podem vender consistentemente ao longo do ano, enquanto outros experimentam picos de alta demanda devido à popularidade sazonal.

Portanto, identificar esses tipos de demanda é essencial para determinar o algoritmo de previsão apropriado para cada item.

Esses algoritmos determinam a demanda básica, garantindo que a produção possa começar a atender aos níveis mínimos de estoque.

No entanto, cabe a empresa identificar os diferentes níveis de estoque de segurança, em caso de uma movimentação inesperada nas vendas.

Previsão de estoque por tendências de demanda

À medida que as modas vêm e vão e novas tecnologias são introduzidas, as taxas de demanda de estoque continuam a flutuar.

No entanto, os produtos também seguem tendências básicas de demanda, incluindo as fases de nova, crescimento, maturidade e declínio, que identificam em que estágio um item está e onde ele estará no futuro próximo.

Por exemplo, depois que uma nova linha de itens ganha popularidade, ela sai da nova e entra na fase de crescimento em que a demanda e as vendas aumentam.

Essas tendências permitem que os analistas examinem os tipos de demanda de estoque para garantir que a previsão seja precisa.

Somente a previsão usando dados básicos de demanda nega as estimativas valiosas que podem ser calculadas seguindo as tendências do item.

Entenda as flutuações sazonais da demanda

Quase todos os fabricantes e varejistas experimentam flutuações na demanda devido as estações movimentadas e lentas.

Essas estações podem ser baseadas em períodos de férias, padrões climáticos, feriados, bem como, outras tradições.

Dessa forma, compreender os padrões de demanda anual fornece dados sobre os hábitos dos clientes e permite que a empresa crie um plano de ação para aproveitar os picos de demanda.

Utilize a previsão qualitativa

Enquanto os dados de vendas fornecem informações quantitativas para os analistas calcularem, a previsão qualitativa considera elementos externos que podem afetar a demanda futura.

Por exemplo, fatores dentro do mercado e esforços da concorrência podem dificultar ou promover vendas médias ao atrair clientes.

Portanto, considerar informações qualitativas pode fornecer dados completos para previsão precisa de demanda e controle de estoque.

Identificar valores discrepantes de previsão de demanda

Às vezes, exceções de demanda incomuns podem ocorrer devido a ações intencionais, como promoções, pedidos exclusivos ou eventos imprevisíveis.

A empresa deve dedicar um tempo para analisar os dados para definir todos os valores discrepantes e determinar se existem medidas preventivas para manter as tendências da demanda.

Fórmula de previsão de estoque

Primordialmente, a previsão de estoque usa fatores como histórico e tendências de vendas, lead time médio, demanda, ponto de reabastecimento e estoque de segurança para prever os níveis de estoque.

Para usar a fórmula de previsão de estoque, devemos fazer o seguinte:

1.  Calcule a demanda de lead time

2.  Meça as tendências de vendas

3.  Defina o ponto de reabastecimento

4.  Calcular estoque de segurança

Calculando a demanda do lead time

O lead time (prazo de entrega) é a quantidade de dias que o fornecedor leva para atender seu pedido. Para evitar uma ruptura de estoque, você precisa prever a demanda do produto durante esse período.

Sem esse cálculo, você corre o risco de ficar sem estoque de itens enquanto espera por novos.

Demanda de lead time = lead time médio em dias x vendas médias diárias

A demanda de lead time é calculada multiplicando o lead time médio em dias com as vendas médias diárias.

O lead time médio pode ser calculado a partir do tempo que seu fornecedor levou para entregar os produtos no passado.

As unidades médias diárias vendidas podem ser derivadas conforme os dados de vendas anteriores calculando a quantidade média de produtos vendidos diariamente.

Medindo as tendências de vendas

Uma tendência de vendas refere-se ao aumento ou diminuição das vendas ao longo do tempo. Dessa forma, as empresas podem especificar quais produtos analisar durante um determinado período de tempo.

Classificam as tendências de vendas em micro e macro. Uma micro tendência se concentra em um produto específico e dura algumas semanas, enquanto as macrotendências analisam uma gama de produtos em um período de tempo maior.

As tendências de vendas informam sobre as condições de mercado e os padrões de compra de seus clientes para que você nunca encontre rupturas de estoque com produtos populares ou de venda rápida.

Definir o ponto de reabastecimento

O ponto de reabastecimento é ​​o nível específico em que seu estoque precisa ser reabastecido. Em outras palavras, ele informa quando fazer um pedido para que você não fique sem um item.

Um ponto de reabastecimento estático não ajudará na previsão, por isso, ele deve ser variável com base nas tendências de vendas previstas e ajustado durante cada temporada de vendas.

Ponto de Reabastecimento = (média diária de vendas x lead time) + estoque de segurança.

Multiplique sua média diária de vendas pelo lead time e somando o resultado com o estoque de segurança.

Calculando o estoque de segurança

O estoque de segurança é a quantidade extra de um produto que é mantida em estoque para evitar rupturas.

Ter estoque de segurança em excesso pode levar a custos de manutenção mais altos, e estoque de segurança insuficiente resulta em perda de vendas. O estoque de segurança serve como apoio contra flutuações de demanda e isso tem alguns benefícios.

Em primeiro lugar, você economiza nos custos de envio porque não precisa de fornecedores para agilizar a entrega. Em segundo lugar, você aumenta a receita de vendas ao ter sempre estoque disponível para os clientes.

O estoque de segurança cobre você até que seu próximo lote de estoque pedido chegue. O uso da fórmula a seguir ajudará você a calcular a quantidade ideal de estoque de segurança para o seu negócio.

Estoque de segurança = (vendas diárias máximas x lead time máximo em dias) – (vendas diárias médias x lead time médio em dias)

O estoque de segurança é calculado multiplicando o uso diário máximo (que é o número máximo de unidades vendidas em um único dia) pelo lead time máximo (o maior tempo que o fornecedor levou para entregar o estoque), subtraindo o produto de uso médio diário (o número médio de unidades vendidas em um dia) e lead time médio (tempo médio que o fornecedor leva para entregar o estoque).

Utilize a nossa solução para um melhor resultado

A previsão de estoque não apenas promove o resultado final de uma empresa ao prepará-la adequadamente para vendas futuras, mas também garante a otimização do estoque.

Nossa solução de gerenciamento de estoque é essencial para qualquer fabricante ou fornecedor que queira otimizar seus estoques por meio da previsão de estoque. Dá-lhe a capacidade de gerir o seu estoque sem processos manuais demorados e ineficientes.

Você também pode acessar um relatório de reabastecimento de suas mercadorias, que permite revisar seu estoque, verificar o que está disponível, o que foi alocado para um pedido e o que está sendo comprado.

Ter a nossa solução em sua empresa também significa que você pode acessar, bem como, analisar facilmente dados históricos como parte do processo de previsão de estoque. Entre em contato!

• PDA Soluções •
Telefone: 11 2093-3327
E-mail: contato@pdasolucoes.com.br
LinkedIn | Instagram |  Facebook

Leia mais
Otimize os custos logísticos da sua empresa

Otimize os custos logísticos da sua empresa

Os custos logísticos são a soma de todos os gastos realizados para disponibilizar um bem ou serviço ao mercado, principalmente ao consumidor final. Um dos erros mais comuns cometidos pelas empresas é desconsiderar as operações logísticas como parte das decisões...

Soluções tecnológicas para o varejo

Soluções tecnológicas para o varejo

As soluções tecnológicas para o varejo ajudam a equilibrar os sortimentos de estoque, gerenciar pedidos e acompanhar preços, bem como, reduzir filas e evitar perdas. O papel da tecnologia no setor de varejo afeta quase todos os aspectos dos negócios, tanto para o...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.